1947 – DOIS AMORES... E ...UMA SAUDADE

1947 – DOIS AMORES... E ...UMA SAUDADE

1947 – DOIS AMORES... E ...UMA SAUDADE

  • Autor(es):
  • Modelo:1947 – DOIS AMORES... E ...UMA SAUDADE
  • Disponibilidade:Em estoque
  • R$50,00

Etiquetas: Ficção

O valor de identidade da memória é a chave central deste livro, no qual entre outras coisas mostra o autor Edson Machado Filgueiras, escritor, autor multifacetado do livro: 1947 – Dois amores... e ...uma saudade. Uma homenagem aos amigos do ginásio (hoje Ensino Fundamental), uma amizade que supera mais de 50 anos e se mantém no tempo decorrido.

Seu livro descreve a trajetória de um grupo de amigos e as diferentes formas que a amizade assume: os laços florescem em que se lê: “a harmonia entre os colegas, e a cumplicidade amistosa que reina entre eles...”

Um volta aos anos de 1947 – “Um romance no romance de uma vida”. Amigos que após se conhecerem, jamais se separaram por inteiro. Encontram-se com frequência e a distância não é capaz de separá-los; ao contrário, os une pelas próprias dificuldades...

Edson começou a resgatar seus diálogos e ações entre os amigos e somente depois de muitos anos passou a transcrevê-los, foi um processo muito longo. Ele reviveu tudo o que aconteceu com força, coragem e amor, para poder fazer a amostragem de parte da vida do grupo, na cidade do interior, e nos revela que a verdadeira amizade precisa de apenas um elemento simples para se fazer existir: a sinceridade. E foi através deste romance que pôde completar a história de todos, que ainda vivem essa história em comum...

Amigo é uma palavra curta e fácil de pronunciar, mas também muito difícil de se manter, porque a amizade é uma coisa linda quando nasce, mas nem sempre é fácil mantê-la viva quando as dificuldades são enfrentadas juntas. Nem todos reconhecem esse bálsamo – dificuldade – que é precisamente o que a torna mais forte. Ser amigo não significa ser igual, fazer e amar as mesmas coisas: a amizade na diferença talvez seja ainda mais bonita, porque é viva e vivida com intensidade.

Parabéns, amigo!

Bruna Renata Cantele é escritora, com mais de cem livros educacionais editados, historiadora

e Mestra em Educação, uma das escritoras mais publicadas e renomadas no ensino do país.

 

Ao iniciarmos o livro, sofremos o impacto da escrita. Ele é todo concebido em parágrafos que se sucedem para o desenrolar do enredo. São parágrafos grandes, na maioria das vezes com ausência de pontuação. É o estilo do autor. Cada um, no entanto, revela-se como uma pequena célula de uma vida, ou melhor, de muitas vidas.

Apresentados os personagens, os fatos acontecem e surgem os amores, as intrigas, os desejos, as desilusões... Enfim o que é interior e o que se sucede a cada um com suas vitórias e derrotas. É a vida.

Dos personagens, nos identificamos mais com alguns e chegamos a nos apaixonar por outros. Desejamos conhecê-los, vê-los pessoalmente, afinal muitos dos seus segredos nos foram confiados. Como será o rosto destes que sabemos da subjetividade e da objetividade da existência.

É o relato de vidas, que mostram que cada um de nós não está sozinho em angústias e felicidades, pois o que se vê, na obra, é o compartilhamento da vida que anima e emociona.

Paulo Henrique Camargo Rinaldi, escritor, historiador, professor de literatura, palestrante

e profundo conhecedor da legislação educacional do país, com vários livros editados.

Parametros Livraria
ISBN 978-85-411-1508-7
Acabamento Brochura
Edição
Ano 2018
Páginas 296
Altura 23 cm
Largura 16 cm
Peso 462 grs
Idioma Português
Cidade São Paulo
Estado SP

Escreva um comentário

Nota: HTML não suportado!
    Ruim           Bom